Luana Piovani Veste Gêmeos De Papai Noel


Por causa de Não fonte para este artigo


O entendimento e a forma de encarar da doença mental tem variado no decorrer do tempo e parece estar em tão alto grau relativo com os avanços da ciência como também com os valores e as crenças de uma época e lugar. O presente postagem tem por objetivo contextualizar e ampliar as experctativas de entendimento da Reforma do Paradigma de Assistência em Saúde Mental no Brasil, lei 10.216. leia aqui tal fração dos primórdios do conhecimento da doença mental até surgir à atualidade.


As pinturas rupestres (p.ex. No ocidente, é na '''Antiguidade''' com Hipócrates que se tem os primeiros registros de que a doença mental poderia possuir uma base orgânica. clique em página inicial (460 a 370 anos de nossa era) contou alguns transtornos mentais (como a histeria, a mania, a paranóia, a psicose pós parto, a epilepsia, os deliriuns por intoxicação e as fobias p.ex.) e relacionou-os a alteração pela fisiologia humana.


Pra ele, diversas doenças seriam decorrentes do desequilíbrio de quatro diferentes fluidos (humores) que circulariam pelo organismo, ou seja: o sangue (coração), a bile amarela (fígado), a bile negra (baço) e a fleuma (vias aéreas). O cérebro foi considerado oa sede da vida e teu claro funcionamento dependeria do equilíbrio entre esses humores.

  1. Remédios Caseiros Para Dor de Garganta Utilizando Eucalipto
  2. Remédios caseiros pra azia
  3. Glicemia de 2 horas superior que 155 mg/dL
  4. Astenia (fraqueza orgânica), fadiga, perda de habilidades motoras e físicas, apatia
  5. Características da bolsa e acesso para a instrumentação
  6. Remédio caseiro com grãos de café

Expressões utilizadas ainda atualmente para adjetivar alguns temperamentos, como fleumático, colérico e sanguíneo, derivam dessa época. Hipócrates (-460 a -370 Os romanos tinham leis para os juízes declará-los legalmente incompetente. Não obstante, a maioria dos gravemente insano foram mantidos perante contenção em residência por tuas famílias e muitos eram temidos, espancados, presos e expulsos. Neste momento a cultura Islâmica, por esse tempo, considerava que era a comunidade a responsável por oferecer um tratamento humano aos doentes mentas. Durante a '''Idade Média''', em meio a guerras e brigas, a Europa cristã se viu esfacelada em numerosos feudos.


Do ''' mais dicas aqui ''' (século XIV) ao Ilumismo (século XVIII), com o reflorescer das artes e das ciências, a nação volta-se de Deus (teocentrismo) pro homem (antropocentrismo) e para a ciência. No ano de 1952 que surgiu comercialmente o primeiro antipsicótico. A escolha trazida por tal classe de medicamento, a de promover um direito controle clínico sobre isso diferentes transtornos mentais, tornou praticável o regresso de vários destes pacientes ao convívio familiar.


Independente dos avanços científicos, pela primeira metade do século XX, os ideais do positivismo naturalista não resistiram às atrocidades de duas grandes batalhas pela Europa. Guardada uma defasagem temporal, movimentos idênticos aos citados na introdução assim como ocorreram no Brasil. No século XX, o Estado Brasileiro optou por delegar enorme parcela do atendimento hospitalar ao doente mental à iniciativa privada, cabendo a ele, Estado, pagar e fiscalizar. Passaram-se doze anos até que uma lei fosse promulgada. Na Lei 10.216/2001 lê-se na sua epígrafe literalmente: "Desfruta a respeito da proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental".

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *